Furúnculo é um problema comum e que tem tratamento

O furúnculo é um problema comum na dermatologia e tem muita gente procurando atendimento com esse problema.

Primeiramente, o furúnculo é uma forma de foliculite profunda, que acomete o folículo piloso em sua profundidade, assim como a glândula sebácea anexa a ele.

No início, pode se parecer com uma espinha ou mesmo com uma lesão de foliculite comum, mas, geralmente, ele se desenvolve, cresce, aprofunda e se torna um doloroso abscesso de pus.

Uma questão que chama a atenção e merece cuidados é quando há furúnculos de repetição. Às vezes tratam, mas os furúnculos voltam e o paciente fica anos tendo esse problema. 

Isso acontece porque, basicamente, o que causa o furúnculo é uma bactéria.

Ela se aloja na pele, em algumas áreas como as narinas, embaixo das unhas, umbigo, dentro e atrás das orelhas e nos genitais. 

Você já ouviu falar em hidrosadenite? É uma doença de pele que produz lesões que podem ser confundidas com furúnculos. Clique aqui e saiba mais.

Como tratar o furúnculo?

Por isso, além de tratar com antibiótico, normalmente por via oral, a gente precisa descolonizar essas áreas com uso de cremes e sabonetes específicos para isso. 

Ao mesmo tempo, também é importante tratar as pessoas que convivem com pessoas infectadas, porque essas pessoas podem ser reservas de bactérias e acabam contaminando de novo o paciente que já está com o problema.

Aplicar compressas quentes no local do furúnculo ajuda a amenizar a dor, além de acelerar a drenagem do pus e sua cura.

Em casos mais graves, há necessidade de cortar e drenar o furúnculo, o que deve ser feito por um profissional da saúde e em ambiente estéril, nunca em casa e com instrumentos domésticos, pelo risco de infecções.

Então, se você estiver com esse problema, é necessário tratar, para evitar recidivas e para que você não sofra com os desconfortos causados pelos furúnculos. 

Fale Agora!
Como posso te ajudar?
Powered by