Manchas Escuras da Pele

Manchas Escuras da Pele
 
As manchas escuras na pele podem ser causadas por diversos fatores e doenças da pele.

Melasma

O melasma é uma doença caracterizada por manchas escuras, geralmente na face. O seu surgimento está relacionado a fatores hormonais (gravidez, uso de anticoncepcionais), fatores genéticos e tem como fator desencadeante a exposição a luz (solar e luz visível).

Melanoses Solares (Mancha Senil)

As manchas senis, ou melanoses solares, são provocadas pelo sol ao longo dos anos e por isso são mais comuns com o avanço da idade. São manchas de coloração castanhas, de tamanhos variáveis, que surgem nas áreas muito expostas ao sol, como a face, o dorso das mãos e dos braços, o colo e os ombros. São mais frequentes em pessoas de pele clara.

Efélides (Sardas)

Sardas são manchas escuras, acastanhadas, puntiformes (de limites precisos) que recobrem especialmente a face, ombros, braços, pernas e o tórax anterior e posterior, que são as áreas de maior exposição solar. Tem uma característica hereditária, pois são mais frequentes em pessoas de pele e olhos claros, que têm maior sensibilidade ao sol. O pico de aparecimento das sardas ocorre na adolescência e vai até a idade adulta, quando então costumam diminuir.

Tratamento

Os protetores solares de uso diário, cremes despigmentantes, ácidos, crioterapia com nitrogênio liquido e peelings, são úteis no tratamento das manchas. A luz intensa pulsada e o laser de CO2 fracionado e outros lasers podem ser ainda mais eficazes.